Navegando Pela Tag:

editora seguinte

LITERATURA

Só Escute: rompendo silêncios

Só Escute

No centro de Só Escute, livro mais popular da prolífica autora Sarah Dessen, está uma família aparentemente perfeita – pai, mãe, três belas filhas trabalhando como modelos – que vive em uma elegante casa de vidro projetada pelo próprio pai. Se alguém passasse pela casa à noite, nos conta Annabel, a narradora, veria uma família feliz compartilhando uma refeição pacífica. A felicidade irretocável e a perfeita harmonia em que os Green aparentam viver em muito se sustentam em tudo o que não é dito por nenhum deles. Em segundo plano, há uma série de não-ditos que atormentam cada um dos membros da família, em um lento mas constante processo de ebulição. Eventualmente, tudo isso domina e preenche o ar que os envolve, agindo de modo silencioso sobre sua relação uns com os outros e também com o mundo do outro lado do vidro. O silêncio é confortável, os priva de receber respostas indesejadas para perguntas que não querem fazer. Mas o silêncio também torna as relações distantes, torna mãe e filhas e irmãs estranhas umas às outras, interrompe as conexões que tentam estabelecer. Não existe conexão sem diálogo, sem franqueza, sem vulnerabilidade, diz o livro. É preciso falar. Mas também é preciso aprender a escutar.

Continue Lendo

LITERATURA

Uma Bolota Molenga e Feliz: Sarah Andersen, mulher e millenial

O nome Sarah Andersen não é desconhecido. Para bom vivente da webesfera, a chance de ter cruzado com algum trabalho da jovem adulta nascida em 1992 é grande. Responsável pela página Sarah Scribble’s, que possui mais de dois milhões de curtidas no Facebook, a artista reúne em cômicas tirinhas e pequenas histórias, realidades fictícias e autobiográficas. De forma divertida, suas tirinhas e quadrinhos representam muito bem o cotidiano de muita gente, em especial se você for uma mulher e mais ainda se for millenial. Continue Lendo

LITERATURA

A Fera: uma história sobre adolescentes e empatia

Jamie e Dylan são dois adolescentes que se conhecem num grupo de apoio terapêutico para adolescentes com tendências suicidas, mas que não necessariamente se encaixam lá. Ou talvez o grupo de terapia seja o lugar ideal para os dois, mas isso não é o importante no momento. O ponto principal é que Jamie e Dylan se encontraram e encontraram no outro um lugar seguro.

Continue Lendo

LITERATURA

Sarah Andersen: Ninguém Vira Adulto de Verdade

Talvez você não esteja ligando o nome à pessoa, mas com certeza já viu uma das inspiradas tirinhas de Sarah Andersen rolando pela internet. No Facebook, no Twitter ou no Tumblr, alguém certamente já compartilhou uma das obras de Sarah com muitos pontos de exclamação precedendo uma frase como “Isso é TÃO eu” ou “#minhavida”. E essa é a magia dos quadrinhos de Sarah: com muito bom humor, um traço inspirado e boas doses de sarcasmo, a cartunista consegue captar situações do cotidiano de qualquer mulher e ainda fazer graça com isso.

Continue Lendo