Categorias: LITERATURA

O simbolismo da cor em O Papel de Parede Amarelo, de Charlotte Gilman

A cor amarela é carregada de ambiguidades. Enquanto pode representar otimismo e luz, tal como um dia ensolarado, também pode, em certas combinações, representar sentimentos negativos, como o medo, a insegurança, e até mesmo a traição (como infelizmente sentimos ao vê-lo, hoje em dia, ao lado do verde). Em setembro, observamos a cor brotar em […]

Continue lendo

Categorias: MÚSICA

III: Os ciclos como forma de construção e libertação na música de BANKS

Uma das vozes mais marcantes do cenário indie pop, Jillian Rose Banks, popularmente conhecida apenas por BANKS, trouxe em seu mais recente álbum, III, as marcas de uma experimentação intensa com novas sonoridades. São as batidas e os ritmos que carregam a profundidade característica da artista, mas que agora contribuem, ainda, para tornar as músicas — […]

Continue lendo