Categorias: TV

Denise, Alicia e a terceira temporada de Master of None

Moments in Love é o nome da terceira temporada de Master of None, série da Netflix criada pelo comediante Aziz Ansari. Nas duas primeiras temporadas, de 2015 e 2017, acompanhamos Ansari como o protagonista Dev, um jovem ator vivendo em Nova York e levantando importantes questões sobre diversidade de forma divertida e irônica. Em 2018, depois de sofrer acusações de assédio Ansari se retirou por um tempo da esfera pública. Um ano depois fez o stand-up “Right Now” que começa e termina refletindo sobre o episódio de forma sóbria. Alguns anos depois, devido a reação de Ansari e os próprios questionamentos dentro do movimento #MeToo de que as acusações eram dúbias, ele volta à cena, mas não mais como o protagonista.

No início de 2021, quatro anos depois da segunda temporada, temos de volta a terceira temporada de Master of None — uma temporada completamente diferente das duas anteriores. Escrita e dirigida por Ansari e sua amiga Lena Waithe, agora acompanhamos os altos e baixos da vida adulta do casal Denise, interpretada por Whaithe, e Alicia, interpretada por Naomi Ackie, vencedora do British Independent Film Award. Denise já era uma personagem importante nas duas temporadas anteriores de Master of None e Waithe é vencedora do Emmy Awards de Melhor Roteiro pelo maravilhoso episódio da segunda temporada chamado “Thanksgiving”. Neste episódio, acompanhamos vários dias de Ação de Graças de Denise de assumir sua sexualidade para sua mãe. Waithe foi a primeira mulher negra a ganhar o Emmy de Melhor Roteiro de Comédia pelo episódio bastante autobiográfico.

Moments in Love

Moments in Love acompanha o casal Denise e Alicia e as dificuldades das relações amorosas. No primeiro episódio, acompanhamos um resumo de tudo o que se desdobrará nos quatro episódios seguintes, todos de duração diferentes. O casal tem em torno de 30 e poucos anos, Denise é uma autora best-seller de um romance que alcançou sucesso considerável e agora precisa escrever seu segundo livro. Alicia é doutora em química, mas como quer realmente ser designer de interiores, trabalha em um antiquário. As duas vivem em uma casa de campo no interior de Nova York linda e decorada de acordo com suas profissões: vários livros de Denise e quadros garimpados por Alicia. Vemos também vários pequenos “moments in love” do dia a dia do casal, reflexões na paisagem verde da casa de campo, conversas divertidas na cama em noites de insônia, dancinhas na hora de lavar roupa, divisão do banheiro na hora de escovar os dentes. A vida aparentemente perfeita de um casal jovem bem-sucedido e em harmonia.

No mesmo episódio, Denise e Alicia recebem a visita de Dev, melhor amigo de Denise, e sua namorada para jantar. Dev e a namorada são o oposto da harmonia de Denise e Alicia: os dois estão frustrados com suas respectivas carreiras, morando na casa apertada dos pais de Dev e, depois de várias taças de vinho, começam a se agredir verbalmente na frente das anfitriãs. Quando Alicia vai consolar sua visita que chorava no banheiro, esta pede desculpa e diz que toda a briga com Dev e consequência do “medo de que a vida dela não fosse como tinha planejado”.

Moments in Love

Depois dessa fala da namorada de Dev, que não é uma personagem crucial no desenvolvimento da série, parece que todas as questões do relacionamento de Denise e Alicia vão passar por essa prova: o que fazer da vida, mais especificamente de uma vida construída a dois, quando ela não é exatamente como tínhamos planejado? Alicia quer ter filhos, tem 34 anos, sente que já até passou da idade para ser mãe. Denise quer mais ser uma escritora bem-sucedida e consolidada e não tem a maternidade como prioridade. No final do primeiro episódio, é nesse embate que encontramos Denise e Alicia. Nos seguintes, vemos as dificuldades da maternidade, traições, problemas profissionais, enfim, tudo o que acontece em uma vida, nunca exatamente como planejamos, mas sempre da forma que deveria ser.

Como não quero me alonga nos spoilers, me concentrei no primeiro episódio que é uma apresentação perfeita de tudo que a minissérie, com uma direção brilhante, entrega: trilha sonora maravilhosa (vale a pena ouvir no Spotify!), planos de bom gosto e atuações ótimas de Waithe e Ackie representando as belezas e as tristezas de crescer e construir uma relação com outra pessoas. Moments in Love vale muito a espera e Ansari e Waith nos deixam ansiosos pelos próximos trabalhos juntos.


** A arte em destaque é de autoria da editora Ana Luíza. Para ver mais, clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *