Categorias: TV

Os relacionamentos amorosos em Gilmore Girls

Durante as sete temporadas originais de Gilmore Girls, o que não faltou foi romance. Foram muitos casais, muitos flertes, beijos, namoros, casamentos e separações, sempre com um toque de humor e uma pitada de drama, característicos da série. Um ponto importante no sucesso da trama de Gilmore Girls é o equilíbrio entre relações familiares, amizades e romances. Todos esses relacionamentos têm a mesma medida de importância na vida dos personagens, criando uma harmonia entre aspectos diferentes da vida de cada um. Vinte e um anos depois do lançamento da série e com tantos casais icônicos, ainda é possível tirar aprendizados desses relacionamentos? É isso o que vamos descobrir.

Quando Gilmore Girls começa, uma questão que fica bastante evidente é a preocupação que Lorelai (Lauren Graham) tem em preservar sua relação com a filha Rory (Alexis Bledel), de 16 anos. Ela tem dificuldades em manter um relacionamento estável com alguém, devido ao medo de que a relação terminasse mal e Rory tivesse criado laços com essa pessoa e se machucasse no processo. Ironicamente, o primeiro namorado de Lorelai é justamente um professor de Rory, o que complica as coisas no sentido de separar a vida pessoal da filha e sua vida amorosa. Passado o choque inicial, Rory lida bem com isso e fica feliz pela mãe. O relacionamento de Lorelai e Max Medina (Scott Cohen) começa bem, mas a intensidade de Max assusta Lorelai, que não tinha um relacionamento sério com alguém há algum tempo. Quando Max pede Lorelai em casamento, com mil margaridas amarelas e um dos pedidos de casamento mais bonitos da televisão, ela já sabe que o enlace nunca vai acontecer. A indisponibilidade emocional dela e o medo de se envolver profundamente com alguém faz com que eles terminem, embora Lorelai não tenha deixado de amá-lo. Esse relacionamento é importante para o amadurecimento da personagem, em especial pela dinâmica com Rory e por perceber que a filha é capaz de lidar com esse tipo de frustração.

Gilmore Girls

Mais para a frente na série temos o relacionamento de Lorelai com Jason Stiles (Chris Eigeman). Jason tem uma personalidade divertida e muito parecida com a de Lorelai e talvez seja o personagem masculino mais parecido com ela. Eles se conhecem desde a adolescência e se reencontraram depois de adultos, tendo um histórico familiar parecido. Isso faz com que o relacionamento deles fosse bom? Não exatamente. A começar pelo fato de que eles só começaram a ficar juntos porque ela sabia que isso desagradaria os pais dela. Porém, ao contrário de Lorelai, que tentava se esquivar do estilo de vida dos pais, Jason parecia se adequar muito bem ao meio em que foi criado. A partir do momento em que as coisas começam a ficar realmente sérias entre eles, Lorelai e Jason decidem esconder o relacionamento de seus pais, que também são conhecidos de longa data. A história do casal termina de uma forma péssima, quando um detetive particular contratado pelo pai de Jason descobre o namoro. Como se não fosse o suficiente, Jason resolve processar o pai de Lorelai por questões de trabalho, e o relacionamento não sobrevive a isso. Apesar de tudo, os dois se divertiram juntos e tinham uma química gostosa de assistir. É interessante que, dessa vez, Lorelai tenha ficado do lado da sua família, apesar de todos os conflitos que tiveram durante a vida.

Quando Jason e Lorelai rompem definitivamente, surge (finalmente!) o romance dela com Luke Danes (Scott Patterson), inclusive no mesmo episódio. Lorelai e Luke demonstram interesse um pelo outro desde o começo da série, mas alguma coisa sempre ficava no caminho entre os dois. No começo, Lorelai fica confusa em relação aos seus sentimentos por ele, a quem ela vê como um amigo muito próximo. Depois que o namoro deles começa, ficamos sabendo que Luke nutria esses sentimentos românticos por Lorelai há muitos anos. Lorelai e Luke são o casal queridinho da maioria dos fãs de Gilmore Girls (eu, pessoalmente, acho que são o melhor casal da história da ficção), mas nem por isso o relacionamento deles é perfeito. O fato de Luke fazer absolutamente tudo o que está ao seu alcance para agradá-la, inclusive antes de começarem a namorar, é problemático. Ele, muitas vezes, a coloca em um pedestal e isso foi também o que causou muita frustração entre eles. As interferências da família Gilmore na vida de Luke também causaram uma série de conflitos, assim como a descoberta de que Luke tinha uma filha. Apesar de todos os problemas, a amizade e o companheirismo entre os dois fazem com que essa relação seja muito bonita, leve e saudável.

Gilmore Girls

No meio de tudo isso, com muitas idas e vindas, um casamento e um divórcio, esteve Christopher Hayden (David Sutcliffe). O pai de Rory é uma presença constante na vida de Lorelai desde a adolescência, a deixando confusa em relação aos seus sentimentos. Por ser o pai de sua filha, ele nunca pode ser afastado definitivamente e, por muito tempo, rondou a vida de Lorelai. Entre encontros e desencontros, eles ficam juntos, se pararam, voltam a estar juntos, se casam e de separam. A verdade é que eles se amaram enquanto adolescentes e continuaram amando a versão adolescente do outro, não sabendo lidar com o fato de que eles não eram mais aquelas pessoas e que o relacionamento deles havia mudado, apesar do amor que sentiam um pelo outro. Christopher nunca esteve verdadeiramente disponível para Lorelai e, como pessoas muito centradas em si mesmas, a dinâmica entre eles era a receita perfeita para o fracasso desse relacionamento.

Se os relacionamentos de Lorelai foram um pouco complicados, os de Rory geram discussões até hoje. O primeiro namorado de Rory foi Dean Forrester (Jared Padalecki) que era super fofo com ela, mas cheio de cobranças, já que ele não dava muito espaço para ela e não compreendia muito bem suas prioridades. Rory, na época, era obcecada pela ideia de estudar em Harvard e frequentava uma escola muito exigente, enquanto Dean não tinha certeza sobre o seu futuro e queria passar o máximo de tempo possível com ela. O relacionamento deles termina quando Rory se apaixona por Jess (Milo Ventimiglia), mas depois de algumas temporadas eles voltam a se reencontrar. Mesmo estando casado, Dean tem um breve romance com Rory, que de novo se decepciona e tem uma briga feia com a mãe por causa disso. Por ter sido o primeiro namorado de Rory, que sempre havia sido superprotegida pela família, Dean precisa se provar digno dela o tempo todo, tarefa complexa para alguém que também era só um adolescente.

Gilmore Girls

Logo em seguida, Rory começa a namorar com Jess Mariano, sobrinho de Luke recém-chegado à cidade e com fama de ser rebelde. Jess e Rory não tem nada a ver um com o outro, mas ao mesmo tempo têm tudo a ver. Eles têm comportamentos muito diferentes, mas personalidades muito parecidas e muitos interesses em comum, o que faz com que eles tenham uma amizade forte e um relacionamento cheio de conflitos. Enquanto a mãe de Rory não aprova o namoro, por achar que Jess pode ser uma má influência para a filha por meio de um julgamento superficial, Luke acredita que o relacionamento deles pode ser bom para Jess, já que Rory pode ser uma boa influência para ele. No fim, nenhum dos dois precisa ser influenciado pelo outro, eles eram bons o suficiente como eram, cada um do seu jeito. Todos os julgamentos colocados em cima de Jess fazem com que o relacionamento acabe, embora ele tente voltar diversas vezes para a vida de Rory. Foi somente revival da série, Gilmore Girls: Um Ano para Recordar, que Jess conseguiu sua redenção. Talvez ele tenha sido o único personagem da série toda a não acreditar que Rory era boa demais para alguém, que ela poderia ser uma garota normal e curtir a vida com ele.

Por último, Rory começa a namorar Logan Huntzberger (Matt Czuchry), filho da elite e aluno de Yale, assim como ela. Logan leva uma vida playboy, de diversões e irresponsabilidade, mas a presença de Rory na sua vida parece fazê-lo mudar com o tempo, se tornando uma pessoa responsável e profissional. Logan e seus amigos fazem com que Rory tenha muitas experiências novas, eles se divertem muito juntos e essa mudança toda faz com que ela tenha problemas com a mãe, que vê a filha crescendo e mudando. Logan faz de tudo para ver Rory feliz, até a pede em casamento conforme as tradições das famílias de ambos. Rory termina com ele para seguir seus sonhos profissionais, mas ele foi uma pessoa muito importante nesse processo de crescimento e amadurecimento dela de maneira geral — pelo menos até o revival acontecer.

Gilmore Girls

Mas não foram apenas os relacionamentos das protagonistas que marcam Gilmore Girls, principalmente quando temos como exemplo Sookie (Melissa McCarthy) e Jackson (Jackson Douglas). O casal reúne de uma maneira muito gostosa o jeito avoado e engraçado de Sookie e a seriedade e timidez de Jackson, e tem um charme muito especial e delicado. Mas, como vários casais, também tinham muitos problemas de comunicação, que gerava uma série de desentendimentos — como quando Jackson resolveu sozinho que queria ter quatro filhos em quatro anos e Sookie resolveu marcar uma vasectomia sem ele saber. Outro ponto de conflitos entre eles era a dificuldade de Jackson dizer não a favores e ideias questionáveis de outras pessoas. No fim, deu tudo certo, eles formaram uma família linda. Uma dupla que emanava doçura e estiveram juntos praticamente durante a série toda, mostrando como um relacionamento pode ser leve e dar certo.

E sobre o casal Gilmore? Que Emily (Kelly Bishop) pode ser uma pessoa difícil, nós sabemos. Mas o casal Emily e Richard (Edward Hermann) ficou junto durante muitos anos, a maior parte da vida deles, e se davam super bem, principalmente porque os dois tinham muitos ideais e valores em comum. Duas pessoas complicadas, que queriam que todas as pessoas vivessem do jeito deles e reprovavam quase tudo que era diferente. Durante o breve período em que se separaram, destilaram um pouco dessa reprovação um ao outro, mas quando fizeram as pazes, foi para sempre. Os dois têm um jeito austero e muito sério de viver a vida, mas sabem aproveitar a companhia um do outro. Entre eles havia muito respeito e o companheirismo de uma vida caminhada lado a lado.

E o que dizer de Lane Kim (Keiko Agena) e Dave Rygalski (Adam Brody)? Adam Brody foi o crush de todo mundo nessa época, infelizmente para nós e para a Lane, o personagem dele deixou a série porque o ator decidiu estrelar The O.C. — outra série ícone dos anos 2000. Os dois se davam super bem, um amor adolescente que tinha tudo para dar certo, inclusive pela capacidade de Dave lidar com a mãe superprotetora da Lane. Menção honrosa para eles aqui, embora tenha durado muito pouco.

Os romances de Gilmore Girls nos divertiram muito, mas ensinaram muito também — e talvez tenham nos deixado com algumas expectativas irreais de romance. Respeitar o outro, criar laços de lealdade fortes e, principalmente, se respeitar em primeiro lugar são algumas das mensagens que ficaram com a série.


** A arte em destaque é de autoria da editora Ana Luíza. Para ver mais, clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário

  1. Adorei sua perspectiva… Uma dos melhores aspectos de G.G, com certeza, são os relacionamentos, e como eles não são perfeitos (longe disso).
    Em se tratando de Rory, acredito que são os relacionamentos de longe mais problemáticos, mas Lorelai não fica atrás. Engraçado ver que depois de tantos anos, quando assisti novamente essa série, o nosso olhar muda tanto. O que mais me incomoda (em todos os relacionamentos da série) é o machismo evidente. Primeiramente porque as personagens parecem não serem felizes sem uma figura masculina ao lado. E mesmo quando estão felizes, a família ou amigos tentam convence-la do contrario.
    Estou no final e fiquei extremamente triste com a gravidez da Lane. Da primeira vez que assisti, achei o máximo, e só agora vi o quão problemático foi. Traumatizada com a primeira relação sexual, engravida de gêmeos, sendo que claramente não queria, abandona o sonho de ser uma baterista de sucesso, e de quebra ainda ficamos sem saber se ela voltou ou não a fazer sexo!!!!!!!!!!!!