Categorias: LITERATURA

Primeiro Eu Tive que Morrer e a naturalidade de um amor entre mulheres

“Quanta coragem existe em alguém tão pronta para o amor?”, pensa, ao olhar para Gloria, a narradora de Primeiro eu tive que morrer, de Lorena Portela (edição independente, 2020). Mas antes que eu conte a vocês a história que envolve essa narradora e essa Gloria, acho importante que conheçam um pouquinho sobre a narrativa deste […]

Continue lendo

Categorias: TV

She-Ra e As Princesas do Poder: o “enemies to lovers” de Adora e Catra

É impossível falar sobre She-Ra e As Princesas do Poder sem mencionar sua importância pela diversidade de personagens, empoderamento feminino e representatividade LGBTQIA +. O final feliz de Adora (Aimee Carrero) e Catra (AJ Michalka) foi um passo significativo para a representação de romances lésbicos no mundo das animações.

Continue lendo

Categorias: INTERNET

A evolução do femslash: uma história de fanfic e dados

Segundo a Wikipédia, “femslash (também conhecido como ‘f/f slash’, ‘femmeslash’, ‘altfic’ e ‘saffic’) é um subgênero da fanfic slash que se concentra nas relações românticas e/ou sexuais, entre as personagens femininas de ficção”. A história do femslash começa nos anos 70, com o fandom de Star Trek. Entretanto, esse sempre foi um subgênero pouco popular […]

Continue lendo

Categorias: LITERATURA

Eu, Cassandra Rios, sou uma lésbica: a escritora mais censurada da ditadura militar

A primeira vez que eu ouvi o nome de Cassandra Rios foi durante a faculdade de Letras. Não por professores, mas por uma colega de classe que apontou a relevância das escritoras lésbicas brasileiras — e suas ausências no estudo (e ensino) de literatura nacional. Naquela época eu já sabia que ao se trabalhar com […]

Continue lendo