Navegando Pela Tag:

nacional

LITERATURA

O Infinito no Meio: reclusa na própria memória

Nós não aprendemos a lidar com a perda. É uma das questões que só conseguimos enfrentar com o passar do tempo, que acabam trazendo novas vivências, ensinamentos e, principalmente, maturidade. Mas e se o tempo parasse em um momento de extrema dificuldade e vulnerabilidade?  E se fôssemos reféns de um único espaço onde ele não corresse e tivéssemos que observar todo mundo a nossa volta viver e permanecêssemos no mesmo espaço físico e temporal? Essa é a história de Cecília, a protagonista de O Infinito no Meio, novo livro de Priscilla Matsumoto, autora de Ball Jointed Alice.

Continue Lendo

CINEMA

Nise da Silveira: a afetividade que muda o mundo

Nise: o coração da loucura

O pensamento tradicional funciona em grande parte com base em dualismos. A partir desses dualismos são construídos pares conceituais que se contrapõem entre si – alto/baixo, forte/fraco, racional/emocional, masculino/feminino – e que buscam organizar em algum nível todos os elementos e valores que compõem o mundo. A teoria feminista denuncia que, longe de serem construções neutras, esses dualismos recebem conotação sexuada, no qual o valor associado ao masculino é sempre considerado superior ao feminino. Essa sexualização dos dualismos tem uma relação muito próxima com os estereótipos de gênero, do que decorre a mentalidade social que identifica, por exemplo, sempre as mulheres com o emocional.

Continue Lendo

COLABORAÇÃO TV

Novo Mundo: as mulheres esquecidas dos livros de História

No início do século XIX as terras brasileiras viram grandes transformações ocorrerem em seus modos de vida. Em 1808, com a vinda da família real portuguesa ao Brasil, a antiga colônia se elevou a status de Reino Unido de Portugal. O Rio de Janeiro, de local de transporte, se viu em polvorosa como a sede de todo o Reino. Dez anos depois, chega a esse novo mundo a futura primeira imperatriz brasileira, a arquiduquesa (princesa) Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena. Filha do imperador do sacro-império austro-húngaro Francisco I, a vida da arquiduquesa até ali tinha sido em Viena, capital da Áustria, um dos maiores e mais importantes centros políticos da época. O casamento entre a arquiduquesa e o príncipe português, Dom Pedro, uniria comercial e politicamente dois impérios.

Continue Lendo

TV

Rock Story: uma novela moderninha, mas nem tanto

Com narrativa consistente e interessante durante todos os seus 179 capítulos, Rock Story terminou sua jornada no início da semana como uma das melhores novelas das 19h dos últimos tempos. Arcos de narrativa bem fechados, contados em ritmo próprio e diferente do que estamos acostumados, contribuíram para que a novela prendesse a atenção dos telespectadores. O formato parece pronto para exportação e a narrativa gostosa de acompanhar faz com que poucos duvidem da capacidade da novela fazer sucesso em terras estrangeiras, como já o caso de outros produtos da Globo, como Verdades Secretas e Avenida Brasil.

Continue Lendo

TV

Do limão à limonada: Teresa e Estela em Babilônia

Nunca vou esquecer daquela noite: minha mãe, eu e minha avó sentadas em frente à televisão, assistindo à estreia de Babilônia. Era um dia como outro qualquer, em que nós três, de gerações tão diferentes, nos reunimos para ver  novela, um hábito que carrego desde a época que me entendo por gente.

Continue Lendo

CINEMA

Que Horas Ela Volta? – o lado que ninguém quer ver

Que horas ela volta?

Quando falamos de mulheres no mercado de trabalho, é comum voltarmos nossos olhos para as chamadas “mulheres poderosas” – vulgo, aquelas que conseguiram de alguma forma ultrapassar o teto de vidro* e conseguir algum sucesso no mundo dos homens. Mas essa não é a realidade da maioria da população feminina. Ainda que as mulheres tenham começado a ocupar o espaço público e o mercado de trabalho, persiste a divisão sexual do trabalho que deixa sobre as suas costas também todo o trabalho doméstico. Algumas de fato acumulam as funções, enquanto outras fazem uso do seu privilégio econômico para contratar outras mulheres (em geral, pobres) para se encarregar dessas tarefas. É por isso que nessa semana dedicada ao trabalho, nós precisamos muito falar sobre Que Horas Ela Volta?.

Continue Lendo