VALKIRIAS

It’s alive!

It’s alive! é a famosa frase que o Dr. Victor Frankenstein brada quando seu monstro cria vida nas adaptações do livro de mesmo nome. Foi por conveniência que nos apropriamos dela para inaugurar nosso novo projeto, o Valkirias, um site organizado por sete garotas conectadas pela internet que compartilham um profundo gosto pela escrita, por cultura pop e por várias ciladas. O Valkirias é o nosso monstrinho, criado com muito amor, para elucidar questões culturais sob um olhar feminista, pois assim como Mary Shelley, autora de Frankenstein, criadora do criador do monstro, somos filhas do feminismo e não poupamos palavras sobre o assunto.

Enquanto o monstro de Mary Shelley nasceu de um passatempo em que ela e seus amigos liam histórias de horror uns para os outros, o nosso monstrinho nasceu de uma epifania. Tudo começou após a estreia de Batman vs Superman, quando uma de nós leu um texto que não falava apenas sobre o filme, mas principalmente sobre os absurdos que nós, mulheres, frequentemente ouvimos quando discutimos cultura pop e como ainda somos erroneamente representadas dentro desse universo. Esse foi o gatilho necessário para que a antiga vontade de criar um espaço para discutir cultura pop sob uma perspectiva feminista deixasse de ser apenas uma vontade para se tornar uma realidade – não sem antes reunir um time de garotas maravilhosas, que aceitaram entrar nessa ciranda sem nem pensar duas vezes e que, juntas, fizeram o projeto acontecer. Era uma ideia maravilhosa e nós precisávamos transformá-la em algo concreto, real. E foi assim que nasceu o Valkirias: um site sobre cultura pop, feito por mulheres e para mulheres, que busca discutir música, cinema, tv, literatura e games sob uma perspectiva feminista, problematizando e levantando questões que muitas vezes são ignoradas em espaços mais abrangentes.

O nome Valkirias, inclusive, parecia predestinado a surgir de outra epifania. Enquanto as sete garotas tentavam pensar em algo que fosse forte o bastante e que se relacionasse com a proposta do projeto, a troca de ideias foi intensa até que, como se gritassem Eureka!, elas gritaram Valkirias!. Na mitologia nórdica as valquírias (ou valkirias, como preferimos adotar) são guerreiras que serviam a Freia, deusa, entre tantas outras coisas, da guerra e do amor. Sendo assim, pegamos emprestado das valquírias suas melhores qualidades para batizar nosso projeto: sua valentia no momento de recolher as almas nos campos de batalha, que se traduz em nossa vontade de debater os mais variados temas, alguns até mesmo espinhosos, e a característica de mensageiras de Odin, visto que o que mais queremos com nosso projeto é alçar voo e alcançar o maior número possível de leitores e, por que não, colaboradores.

No imaginário popular (e nas histórias da Turma do Penadinho), o monstro criado pelo Dr. Frankenstein – que acabou surrupiando o nome de seu criador – aparece como uma figura gigantesca, verde e cheia de remendos. É um tanto quanto grotesco, e uma analogia aparentemente pouco lisonjeira para um projeto que amamos (e chamamos de filha) e esperamos que você goste também. Por isso, preferimos enxergar essa criatura como enorme, sim, porque no fundo queremos mesmo dominar o mundo, mas abraçamos os remendos como símbolo de todas as experiências, referências e contextos que desejamos incorporar ao site, coisas que trouxemos das nossas vidas e de quem mais se aventurar a escrever por aqui, e também a sua, caso deseje. Nosso Frankenstein nada mais é que um símbolo de multiplicidade e um olhar menos óbvio sobre as coisas.

Então, temos um convite para você: queremos que você construa esse espaço junto com a gente – comentando e contando o que achou dos nossos textos, interagindo conosco nas redes sociais, sugerindo obras que você acha que todo mundo deveria conhecer, conversando, trocando ideias.

Por último, mas de jeito algum menos importante, queremos desejar as boas vindas. Esperamos que esse espaço traga a você pelo menos um pouquinho da inspiração que tem nos trazido desde o momento em que começamos a planejá-lo.

Posts Relacionados

9 Comentários

  • Responda
    Douglas Vasquez
    2 de Maio de 2016 at 10:35

    AMEI!!!1!!11

    Parabéns pela iniciativa, meninas! Mal vejo a hora de devorar cada artigo que vocês publicarem <3

    • Responda
      Valkirias
      3 de Maio de 2016 at 09:08

      Muito obrigada, Douglas! Estamos trabalhando muito pra atingir (e, se possível, superar) as suas expectativas.

      Fica de olho que amanhã já tem mais coisa por aqui <3

  • Responda
    Isadora Ferreira
    2 de Maio de 2016 at 22:10

    O que dizer sobre essa inciativa maravilhosa a não ser: Parabéns e Obrigada?!
    Muito sucesso pra vocês, meninas.
    Valkirias vai ser incrível, tô sentindo!

    • Responda
      Valkirias
      3 de Maio de 2016 at 09:10

      Obrigada você, Isadora! A gente está fazendo isso por amor, mas sem o apoio que vocês já estão dando desde o começo com certeza a gente não iria longe. Isso aqui é para e por todas nós!

  • Responda
    yasnaya
    3 de Maio de 2016 at 16:32

    Ebaaaaaaaaaaa, mas que maravilha!
    Tô adorando a proposta, arrasem.
    xero

    • Responda
      Valkirias
      3 de Maio de 2016 at 17:51

      Ficamos felizes que tenha gostado da proposta, Yasnaya! <3
      Fique por perto para acompanhar nossas publicações!

  • Responda
    Bruna
    14 de Maio de 2016 at 00:29

    Muito animada para acompanhar o site <3
    adorei a proposta e me identifiquei muito.

    • Responda
      Valkirias
      14 de Maio de 2016 at 10:46

      Oi, Bruna! Ficamos super felizes em saber que você se identificou a gente <3

  • Responda
    Clarinha Diniz
    28 de Janeiro de 2017 at 15:22

    Cheguei aqui faz pouco tempo, mas a vontade de devorar tudo já é enorme. Decidi então que leria os posts mais recentes e sempre que me sobrasse um tempinho viria ler os antigos também. Já estou “catando” todas as dicas maravilhosas e preciso mesmo agradecer pela graça alcançada por vocês, meninas. Se não bastasse o conteúdo ser incrível, a forma como vocês discorrem sobre é mais encantador ainda. {:

  • Deixe um Comentário