Navegando Pela Categoria:

COLABORAÇÃO

CINEMA COLABORAÇÃO

Oscar e o Clube do Bolinha que é a indústria do cinema

Como temos destacado bastante em nossos textos mais recentes, no próximo dia 26 será realizado o Oscar, se não a premiação anual mais importante do cinema para alguns, definitivamente a mais conhecida pelo grande público. Muito se fala sobre o Oscar ser a concentração de excelência do cinema, mas, olhando de perto, vemos que não é exatamente isso; porém, a premiação ainda é uma excelente janela para analisarmos como anda o marcado do cinema, principalmente o de Hollywood. Quem são essas pessoas fazendo os filmes que a gente vê, que estão sendo tão prestigiadas? Quem olha de fora às vezes não tem noção que, para um filme ser feito, literalmente centenas de profissionais trabalham em conjunto, em diferentes cargos, durante meses, às vezes anos, para você apreciar o resultado durante duas horas no cinema. A grande questão é que atualmente a maioria desses profissionais são homens brancos; são eles e apenas eles que estão contando essas histórias e é disso que quero falar aqui.

Continue Lendo

CINEMA COLABORAÇÃO

Crítica: A Criada

Quando você descobre que gosta de meninas ou que sente atração pelo mesmo sexo, também é bastante comum que se comece a pesquisar filmes, séries, livros e tudo que possa existir sobre relacionamentos amorosos entre duas mulheres. Atualmente nós contamos com algumas formas de representação de casais lésbicos – não o suficiente, mas ao menos existem – coisa que há alguns anos atrás seria muito mais difícil de imaginar ou encontrar. Nunca Fui Santa, Meninos Não Choram e Imagine Eu e Você são alguns dos filmes mais conhecidos sobre relações entre duas mulheres, mas quase todos acabam da mesma forma: sem um final feliz. Pulando para os dias atuais, continuamos com o mesmo problema: Azul É a Cor Mais Quente, filme lésbico mais conhecido da atualidade, ainda repete esse padrão. Mulheres que amam mulheres no cinema (e na TV!) estavam quase sempre fadadas a serem infelizes, morrer, ou continuar, voltar ou conviver com um parceiro homem — até A Criada. Continue Lendo

CINEMA COLABORAÇÃO

Crítica: Fallen

A série de livros Fallen, escrita pela autora americana Lauren Kate, foi publicada pela primeira vez em 2009 e contou com cinco títulos para dar continuidade a história de amor entre Lucinda Price e Daniel Grigori. Sete anos após sua publicação, com diversas notícias falsas relacionadas a sua estreia, a adaptação cinematográfica do best-seller teen finalmente chegou aos cinemas, ignorando até mesmo as evidências de que, no momento, o hype para os filmes com premissa semelhante já não é mais a mesma dos anos em que os livros foram escritos e se tornaram sucesso mundial (em especial no Brasil, onde vendeu 1,5 milhão de cópias), e que por esse fator, o cuidado com o conteúdo liberado deveria ser mais bem avaliado.

Continue Lendo

CINEMA COLABORAÇÃO

Crítica: Elis, um filme de Hugo Prata

Quando nasci, Elis Regina havia morrido há 12 anos. Não acompanhei sua trajetória na música, não curtia suas grandes interpretações, muito menos sofri com sua morte precoce, mas lembro de ver minha mãe se emocionar quase toda a vez que ouvia “Como Nossos Pais”. Ela sempre dizia que “nunca mais vai existir uma cantora tão boa quanto a Elis”.  E existiu?

Continue Lendo

COLABORAÇÃO MÚSICA

Rainhas do sertanejo: um guia subversivo para iniciantes

O ano que chega ao fim não foi puro choro e ranger de dentes. Apesar da crise, 2016 trouxe consigo maravilhas como os novos episódios de Gilmore Girls, a popularização da palavra TOP e a ascensão de cantoras e duplas sertanejas formadas por mulheres, com destaque para Maiara e Maraisa, Marília Mendonça, Naiara Azevedo e Simone e Simaria. Delas, não espere apenas sofrência. Em suas letras, a maioria escrita pelas próprias cantoras, os ouvintes mais atentos observam sentimentos e contradições, erros e acertos, pés na bunda dados e recebidos, e mulheres, antes de tudo, imperfeitas. A música das sertanejas gera identificação made in Brazil e subverte ao falar de mulheres para mulheres como nunca antes nesse sertão de meu Deus. Continue Lendo