CINEMA

10 filmes para quem tem medo de terror

Eu sou, e sempre fui, muito medrosa. Tenho medo de atravessar ruas, de mexer com fogo, de mergulhar no mar; tenho medo de montanha-russa, grandes alturas e lugares cheios; detesto adrenalina e adoro controle. Por isso, durante a maior parte da minha vida eu passei longe de filmes de terror. Evitava a área nas locadoras, ia para outro cômodo ler quando meus amigos viam juntos, até dormi no meio de Jogos Mortais porque minhas amigas faziam muita questão de ver e eu achei mais eficiente fechar os olhos e cobrir os ouvidos com um travesseiro.

“Mas Sofia”, talvez vocês estejam pensando, “seus últimos dois textos aqui não foram sobre garotas perigosas e às vezes assassinas e sobre um filme de vampiros?”. Pois é, querida leitora: eu aprendi a gostar de terror. Na verdade, eu aprendi a gostar de certos tipos de terror, terror para gente meio medrosa como eu, terror para quem gosta de Supernatural mas não consegue ficar de olhos abertos no episódio da Bloody Mary, terror para quem viu umas temporadas de American Horror Story mas pulou a abertura porque é meio bizarra demais, terror para quem adora Hannibal e sua estética de contos de fada perturbado mas não consegue nem olhar para Silêncio dos Inocentes. Por isso, venho aqui apresentar para vocês uma listinha de dez (na verdade doze, porque trapaceei um pouco) filmes de terror light, em gradações diferentes de susto, gore e estilo, para quem quer participar do clima aterrorizante mas não gosta nada de sentir medo de verdade.

Jovens Bruxas (The Craft)

A maior inspiração estéticas das góticas suaves ao redor do mundo, Jovens bruxas é um clássico adolescente dos anos 90. No filme, a história tradicional da garota nova do colégio que se enturma com o grupo mais esquisito (como em Meninas Malvadas) ganha um toque sobrenatural: o grupo de amigas pratica bruxaria e a menina nova é a mais poderosa entre elas.

Buffy, a Caça-Vampiros (Buffy, the Vampire Slayer)

Quase todo mundo conhece a série (e, se você não conhece, recomendo com todo o amor possível do meu coração), mas muita gente desconhece o filme, também dos anos 90, escrito por Joss Whedon. O filme conta a história de origem de Buffy, um estereótipo de líder de torcida popular que descobre ser a escolhida em sua geração para matar vampiros – a série foi feita depois e contradiz algumas das informações do filme.

A Família Addams (The Addams Family) & A Família Addams 2 (Addams Family Values)

Esses dois filmes foram figurinha fácil da Sessão da Tarde na minha infância, quando também passava o desenho animado sobre a família de seres um pouco estranhos e assustadores. Os filmes talvez sejam as adaptações mais conhecidas hoje em dia, com Anjelica Huston no papel da matriarca Morticia e Christina Ricci como a perturbadora criança Wandinha.

Scooby-Doo & Scooby-Doo 2: Monstros à Solta (Scooby-Doo 2: Monsters Unleashed)

Também para quem prefere filmes com uma pegada mais apropriada para crianças, os dois filmes de Scooby-Doo são mais divertidos do que parecem à primeira vista. Mais sobrenaturais do que o desenho animado (cujos episódios quase sempre acabam com a revelação de que era tudo um truque), os filmes têm monstros, demônios e fantasmas, mas também cores espalhafatosas, um ótimo elenco e muito espaço para gargalhadas.

Os Fantasmas se Divertem (Beetlejuice)

Dirigido por Tim Burton (cuja filmografia inteira podia muito bem estar nesta lista), Os Fantasmas se Divertem tem Winona Ryder como Lydia Deetz, uma adolescente gótica capaz de ver os fantasmas que assombram a casa para a qual ela se mudou com os pais. O tom do filme é de humor e fantasia, sem muitos medos ou sustos.

Zumbilândia (Zombieland)

Para quem tem interesse em The Walking Dead mas queria que fosse um pouco mais engraçado, Zumbilândia é uma boa pedida. Passado durante o apocalipse zumbi, é um filme de road trip, ação, muito humor, e uma quantidade razoável de sangue e tripas. O elenco principal é composto de Woody Harrelson, Jesse Eisenberg, Emma Stone e Abigail Breslin, representando o grupo de sobreviventes que se junta em busca de sobrevivência.

Dance of the Dead

Mais um para os fãs de histórias de zumbis, especialmente se envolve adolescentes. Dance of the Dead se passa no dia do baile de formatura de uma escola na Georgia, quando começa um apocalipse zumbi. O filme inclui todos os possíveis estereótipos de personagens de filme teen juntando as forças e as cabeças para salvar a formatura do ataque dos mortos-vivos.

Burying The Ex

Aparentemente zumbis funcionam bem para crossovers de gêneros cinematográficos, porque Burying the ex é uma… comédia romântica. Com zumbi. Max, o protagonista, é um fã de filmes de terror cuja namorada é linda e manipuladora – até que ela morre em um acidente e, pior ainda, volta à vida como zumbi, pronta para retomar o relacionamento com Max, que já está envolvido com outra fã de filmes de terror, Olivia.

Pânico 4 (Scream 4)

Não, não é Pânico, ou Pânico 2 ou Pânico 3, por mais que eu goste de todos eles (e da série de televisão também). A melhor recomendação de slasher movie para o time dos medrosos interessados por terror é o quarto filme da série, que esbanja sangue e sustos mas tempera tudo com muito humor e metalinguagem o suficiente para gerar o distanciamento narrativo necessário para quem não quer ficar preso demais ao que está acontecendo na tela.

Possuída (Ginger Snaps)

De todos os filmes da lista, Possuída é o que mais realmente me assustou, então considerem ele uma recomendação mais avançada na escala de medrosos. A história de lobisomem é cheia de metáforas nem um pouco sutis para a puberdade e a adolescência das personagens principais, duas irmãs muito próximas e fascinadas com a morte, vivendo em um subúrbio desolado nos Estados Unidos.

pesquisa-valkirica-2016

Posts Relacionados

3 Comentários

  • Responda
    Amanda Aragão
    24 de outubro de 2016 at 10:17

    Coraline também sempre está nas minhas sugestões de terror light, porque pode até ser pra criança, mas é terrivelmente assustador!

  • Responda
    Natália Castro
    24 de outubro de 2016 at 18:05

    Sofia, adorei a lista, mas como você esqueceu de Jennifer’s Body??? Esse filme é maravilhoso, supergirly e trash!

  • Responda
    Carolina
    31 de outubro de 2016 at 13:09

    Recomendo também Life After Beth e O que Fazemos nas Sombras!

  • Deixe um Comentário